segunda-feira, 17 de março de 2008

Que vergonha Dona Lila



Viúva de Covas entra com pedido de indenização
Fonte: Estadão


A viúva do governador Mário Covas, Lila Covas, apresentou à Comissão de Anistia do Ministério da Justiça um pedido de indenização de R$ 4,7 milhões, por danos morais e materiais que seu marido sofreu ao ser cassado, em 1969, quando era líder do MDB na Câmara. O ministério determinou que o processo tramite em sigilo e se negou a dar detalhes do pedido.

Segundo as contas dos advogados da viúva, o político tucano deixou de receber o equivalente a pouco mais de R$ 2,3 milhões durante o período.

O mesmo valor foi considerado para calcular o dano moral sofrido por Covas. De acordo com o presidente da Comissão de Anistia, Paulo Abrão, no entanto, o exercício parlamentar não é considerado vínculo laboral e, portanto, o cálculo da indenização do ex-governador não poderia ser feito sobre os salários que deixou de receber ao ser deposto do cargo de deputado. Assim, se a comissão julgar o caso procedente, o valor que Lila deve receber incidirá sobre o tempo de perseguição política sofrida por Covas. Para cada ano de perseguição, o anistiado recebe 30 salários mínimos, sendo que o valor máximo final não poderá ultrapassar R$ 100 mil, a ser pago em parcela única.

Para quem não sabe, a Comissão de Anistia, recebe diversos pedidos de indenização , devido a dituadura militar que tivemos, no caso uma sombria epoca.

O que chamou a atenção do pedido vou o valor milionário requerido pela família, maioria dos pedidos não chegam a 10% do mesmo.

Mas o espanto maior, foi a autora do pedido, dona Lila Covas, conhecida sempre por seu carater integro, que acompanhou sempre Mario Covas, aliás, uma opinião pessoal, um dos melhores politicos que já tivemos.

O problema maior não está nem no pedido de indenização, mas sim em usar isso para algo proprio, e nao em prol do Mário Covas.

E isso vem do cofre publico obviamente, se Mario Covas, estivesse vivo, certamente, não faria pedido junto a Comissão de Anistia, e se soubesse de sua familia com esse pedido, com certeza envergonharia-se.

Covas conhecido como "o correto" onde colocou ordem nas finanças do estado e da prefeitura de SP depois do Maluf, deve estar agora se virando no tumulo com a noticia....

E Dona Lila, que sempre foi espelho do finado marido, onde , qndo primeira dama ajudava várias ONGS e usava de sua "posição" em vários trabalhos sociais, deveria pensar um pouco em sua imagem, antes de tal pedido abusivo.

Parafraseando Boris Casoy, "Isso é uma VERGONHA!"


2 Comentou. Comente você também.:

luma disse...

Vi essa notícia na folha on line e não sei se é vergonha não! A família entra com um pedido que nem sempre é considerado, portanto, não existe ainda um processo. Caso ocorra ainda passará pelo julgamento da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça.
Mário Covas ficou avastado da vida pública por 10 anos, quando pode voltar para Santos, vendeu o único carro que tinha e hipotecou a casa para abrir um escritório de importação e exportaçõa. No primeiro dia de trabalho, foi visitado por oficiais da aeronáutica que o levaram preso, mais uma vez.
D. Lila recebe pensão proporcional ao tempo dos mandados parlamentares, no entanto, não recebe pensão pela passagem de Covas pelo governo federal.
Vergonha mesmo é o último decreto que Lullinha assinou para quando largar o osso!

BerG disse...

Xupa Tio